PT EN ES

Notícias

03/Novembro/2016

A acessibilidade da segurança de alimentos

A acessibilidade da segurança de alimentos

Com certeza o maior desejo de todo profissional que trabalha na área de Segurança dos alimentos é que as indústrias de alimentos do Brasil possam ser reconhecidas pelo mais alto nível de qualidade e eficiência neste tema tão importante para os consumidores atualmente. E que melhor forma isso poderia ser alcançado se não fosse através da certificação nas normas rigorosas do BRC, FSSC 22000 ou ainda outra qualquer reconhecida pelo GSFI?
Até aí tudo bem, visto que o número de empresas que têm alcançado certificações deste tipo só tem aumentado em nosso país. Isso demonstra a evolução da nossa indústria de alimentos neste ponto. São dados que comprovam a busca das empresas por esse reconhecimento por diversas motivações, mas quem sai ganhando com tudo isso mesmo logicamente é o consumidor por dispor de uma variedade maior de produtos que são produzidos de forma segura. A evolução deste tema é constante e basta comparar as indústrias de alimentos no país de hoje com aquelas de 30 anos atrás, ou até mesmo de um período mais curto e recente de nossa história.
Para as grandes empresas que dispõem de um sistema de segurança e qualidade robusto e bem implementado, além de profissionais altamente qualificados, não parece ser tão difícil alcançar este feito (e teoricamente não é), mas as pequenas e médias indústrias que almejam alcançar este patamar de “excelência” muitas vezes enxergam uma certificação como um status inatingível.
Sabemos que nossas legislações que tratam especificamente da produção e comercialização de alimentos são bastante exigentes e por questões adversas (seja financeira, estrutural, organizacional ou outras) algumas empresas não conseguem atender ou se adequar a tantos requisitos exigidos. Com exceção de algumas que sabidamente não cumprem porque não querem, existem várias indústrias de alimentos menores espalhadas de Norte a Sul do Brasil que demonstram boa vontade em seguir por este “bom caminho”, mas que dificilmente conseguirão chegar lá.
Um exemplo recente que posso citar, um gestor da qualidade de uma pequena agroindústria de polpa de frutas que tinha tudo para implementar um Sistema de Gestão de Segurança de Alimentos na sua empresa, entretanto, no primeiro contato com a Norma e seus inúmeros itens exigidos logo se deu conta que por maior que fosse seu esforço juntamente com a direção de sua empresa não conseguiria cumprir integralmente a Norma por questões financeiras bastante limitadas e infraestrutura ainda inadequada para o processamento mínimo do seu produto. E que mesmo participando de um treinamento sobre uma Norma de segurança de alimentos bastante requerida pela maioria das empresas demonstrou sua frustração ao perceber que para aquela norma infelizmente não conseguiria ainda certificar-se. Este caso bem que poderia ser raro, no entanto, é mais comum do que se possa imaginar. São situações como estas que nos fazem fazer indagações.
E a culpa é de quem? Com certeza não é uma boa pergunta, mas o melhor seria questionar, como fazer com que essas indústrias consigam enxergar uma certificação FSSC 22000, por exemplo, acessível. Também não é uma tarefa fácil responder isso, mas certamente nos confronta a pensarmos seriamente neste assunto. Visto que recentemente esta norma passou por uma nova revisão e acrescentou mais alguns requisitos adicionais aos seus não tão poucos já existentes.
Alternativas poderiam surgir a partir daí, por exemplo, algumas exceções poderiam ser abertas, obviamente desde que não prejudiquem a finalidade da certificação propriamente dita, ou seja, a segurança de alimentos. Poderiam direcionar alguns requisitos para uma empresa previamente classificada pelo seu porte, quantidade de funcionários ou outro parâmetro. Enfim buscar medidas para que a acessibilidade a segurança de alimentos e principalmente uma certificação possa ser alcançada por todos (grandes e pequenos).
Difundir ainda mais este conceito de segurança de alimentos e sua importância para os produtores, consumidores de alimentos, também seria uma forma pra que canais de discussão fossem abertos e que aperfeiçoamentos destes e outros também pudessem vir a ser realizados.
Espero que assim como eu, outros profissionais possam pensar neste assunto com maior frequência e até dedicação, que possamos refletir no que, ainda que pouco, possa reverter essa realidade indesejada pela qual ainda passam muitas indústrias de alimentos do nosso Brasil.

Fonte: http://foodsafetybrazil.org/acessibilidade-seguranca-de-alimentos/#ixzz4OyQE2jqk



Notícias Relacionadas

Detectores de metais industriais Detectores de metais industriais
A importância da detecção de metais nas indústrias da cortiça e vitivinícola A importância da detecção de metais nas indústrias da cortiça e vitivinícola
O crime no local de trabalho O crime no local de trabalho
Detronix participa da maior feira de segurança da América Latina Detronix participa da maior feira de segurança da América Latina
A segurança nunca foi tão necessária A segurança nunca foi tão necessária
Controle de acesso é fundamental para garantir segurança Controle de acesso é fundamental para garantir segurança
Mulher é flagrada com 2 microcelulares nas partes íntimas em presídio de Itirapina Mulher é flagrada com 2 microcelulares nas partes íntimas em presídio de Itirapina
A prevenção é a melhor precaução A prevenção é a melhor precaução
Tecnologia para oferecer segurança às pessoas Tecnologia para oferecer segurança às pessoas
Detector impede entrada de celulares em penitenciária do interior de SP Detector impede entrada de celulares em penitenciária do interior de SP

A Detronix é uma industria fabricante de detector de metais, localizada em Caxias do sul. Possuimos uma linha completa de detectores de metais incluindo portas detectoras de metais, detector de metais para industria, detector de metais portateis e uma gama de soluções para diversos segmentos.

Detronix - Detectores de Metais

Rua Emílio Fonini, 545 | CEP 95012-617
Cinquentenário | Caxias do Sul - RS
(54) 3225-7500 | (54) 3289-0600


Contatos para Negócios Internacionais
Menex Comércio Exterior Ltda.
Tel.: +55-54-3221.1426
www.menex.com.br Permaneça conectado
Pós-vendas e assistência técnica
(54) 99670-0615

Detronix - Detectores de Metais