PT EN ES

Notícias

14/Março/2017

Conheça os limites da revista pessoal no trabalho

Conheça os limites da revista pessoal no trabalho

Muitos trabalhadores passam diariamente pela revista dos objetos pessoais na entrada ou na saída do trabalho. Esses procedimentos são comuns para evitar furtos e para garantir mais segurança no ambiente. Várias empresas do ramo varejista, como grandes lojas e supermercados, adotam a medida para defender o patrimônio. Já indústrias químicas e laboratórios, por exemplo, precisam fiscalizar o eventual desvio de materiais perigosos. Seja qual for a motivação, esse controle é tido como um direito do empregador. Mas a revista nunca pode ser abusiva, como quando há contato físico ou exposição total ou parcial da nudez do trabalhador.
Para facilitar os procedimentos de revista e evitar o contato manual com os trabalhadores, as empresas têm à disposição a tecnologia. Equipamentos como o pórtico detector de metais, a leitora de raios-x e os scanners portáteis são os mais utilizados.
O coordenador de segurança de um órgão público federal em Brasília, Jair Pereira, diz que os sistemas eletrônicos adotados pela instituição permitem a identificação tanto de produtos furtados quanto de objetos perigosos.
"Quando desconfiamos de alguma coisa, pedimos para que a pessoa abra sua bolsa e coloque os objetos em cima. Mas não tocamos no usuário, no visitante, em momento nenhum".
O Tribunal Superior do Trabalho julga constantemente recursos que tratam de revistas consideradas abusivas pelos empregados. O ministro Cláudio Brandão explica que, para o TST, somente a revista simples e sem contato físico é lícita, mesmo quando o trabalhador precisa retirar objetos de bolsas e sacolas.
"A revista íntima, por sua vez, é aquela que envolve contato corporal do empregado. Isso tem apalpação, toques, abertura de roupas. Quando expõe a sua intimidade, o Tribunal entende que não está dentro desse poder de comando do empregador e, portanto, não é válida a revista chamada íntima. Todas as situações em que o empregado tem atingida sua intimidade, num caso específico como este, ele pode vir à Justiça pleitear a reparação por dano. Se o fato foi comprovado, o juiz arbitrará a reparação para esse caso de dano moral".
O artigo quinto da Constituição Federal assegura o direito à intimidade, dignidade e à honra de todo cidadão. No caso das mulheres, a revista íntima no trabalho é expressamente proibida pelo artigo 373 da CLT.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social – Tribunal Superior do Trabalho



Notícias Relacionadas

Detectores portáteis da Detronix impediram que três aparelhos celulares entrassem na Penitenciária Mista de Parnaíba, no litoral do Piauí Detectores portáteis da Detronix impediram que três aparelhos celulares entrassem na Penitenciária Mista de Parnaíba, no litoral do Piauí
Para evitar fraude, Enem 2018 terá reforço  de detectores de pontos eletrônicos Para evitar fraude, Enem 2018 terá reforço de detectores de pontos eletrônicos
Dicas de segurança para evitar furto de malas em aeroportos Dicas de segurança para evitar furto de malas em aeroportos
Portas giratórias: uma questão de segurança Portas giratórias: uma questão de segurança
Detector impede entrada de 10 objetos em presídios do interior de SP Detector impede entrada de 10 objetos em presídios do interior de SP
Detronix participa da Intersec 2018 em Buenos Aires Detronix participa da Intersec 2018 em Buenos Aires
Previna-se contra perdas Previna-se contra perdas
Agentes encontram celulares e drogas durante revistas em penitenciárias Agentes encontram celulares e drogas durante revistas em penitenciárias
Sorteador Aleatório: segurança aplicada nos processos de revistas Sorteador Aleatório: segurança aplicada nos processos de revistas
Detectores de metais na indústria da madeira Detectores de metais na indústria da madeira

A Detronix é uma industria fabricante de detector de metais, localizada em Caxias do sul. Possuimos uma linha completa de detectores de metais incluindo portas detectoras de metais, detector de metais para industria, detector de metais portateis e uma gama de soluções para diversos segmentos.

Detronix - Detectores de Metais

Rua Emílio Fonini, 545 | CEP 95012-617
Cinquentenário | Caxias do Sul - RS
(54) 3225-7500 | (54) 3289-0600


Contatos para Negócios Internacionais
Menex Comércio Exterior Ltda.
Tel.: +55-54-3221.1426
www.menex.com.br Permaneça conectado
Pós-vendas e assistência técnica
(54) 99670-0615

Detronix - Detectores de Metais